Voando para Paraty

Quem está seguindo o blog lá no instagram viu que expliquei brevemente o sumiço de posts. Motivo: enquanto viajávamos, assaltaram a nossa casa e levaram váááárias coisas, inclusive o notebook e tablet. Então, desde já, peço desculpas. Lamentável… mas não vamos entrar nesse assunto, né!?

IMG_3689

Enfim, bora lá contar um pouquinho do nosso “Voando para Paraty”. Foi uma viagem diferente do que costumamos fazer, pois foi uma viagem familiar (no total 7 pessoas).

Compramos um pacote pela CVC para 6 pessoas e um bebê, incluindo aéreo e hospedagem, que totalizou R$ 6316,00. Pesquisei a compra do aéreo e hospedagem a parte e iria ficar beeeem mais caro. Alugamos um carro da Movida por intermédio da CVC também.

Nosso voo estava previsto para sairmos as 06:30h de Brasília, sendo o embarque previsto para 05:55h. Chegamos por volta de 05:15 no aeroporto e nos dirigimos ao espaço de check-in da Avianca e??? não tinha ninguém. Perguntei para uma atendente da TAM o horário que o pessoal costumava chegar e ela me informou que 05:30 ou 06:00. A primeira impressão que ficou não foi muito agradável, mas como praticamente só teríamos que despachar as malas, ficamos mais tranquilos.. afinal, o que faríamos? Não tinha ninguém mesmo kkkkkkk.

Pouco tempo depois de ter dado 05:30 apareceu uma atendente da Avianca, super simpática e educada (só que não). Rodrigo até me disse: deve ter acabado de acordar… Pois bem, deve ter sido, pq todos os outros funcionários com que tivemos algum tipo de contato, foram extremamente simpáticos e solícitos.

Embarque rápido, voo rápido e chegamos no Riiiiiio! A-DO-RO essa cidade, tem um astral super contagiante, um povo feliz… gosto muito!

Assim que desembarcamos, pegamos nossas bagagens e nos dirigimos para a Movida. Foi relativamente rápido o atendimento, gostei bastante.

A partir do momento que fossemos sair da Movida rumo à Paraty, era hora de prepararmos as pernas, glúteos e colunas. Vou explicar pq: éramos 6 adultos e um bebê que usaria uma cadeirinha, então totalizando 7 lugares ocupados. Alugamos uma doblô, mas… por sermos 7 pessoas, o porta-malas não existiria mais. Ah, pra “melhorar”, além de sermos 7 adultos sem porta-malas, nós tínhamos 4 malas. Eu fiquei 263km em posição de meditação no banco da frente. Mas garanto que a posição não foi das piores, só fui enxergar meu cunhado chegando em Paraty (ele foi equilibrando mala e mochila na cabeça) kkkkkkkkkkk.

Vamos ao que interessa: para chegar em Paraty, coloquei no MAPS e ele traçou rapidamente o trajeto. Antes de viajar, eu havia estudado rotas possíveis e já sabíamos qual estrada pegar. Só para confirmar, antes de sairmos da Movida perguntei para um funcionário se a rota estava trafegável, pois o Rio esta cheio de obras. Sabe o que aconteceu depois disso? Ele me deu uma informação errada que ocasionou um acréscimo de quase 1hora na nossa viagem.

Muito, mas muito cuidado com as informações. Estava com o GPS em mãos, a rota estava ali, mas de tanto ver noticias de ciladas em decorrência de GPS, perguntei e aconteceu isso. Não sei o que é pior, a informação do rapaz da Movida ou a do posto que perguntamos e outra vez informação errada. Eu dizia : sentido Angra dos Reis, Paraty. Mandaram a gte pra Niterói! Quando chegamos na ponte Rio-Niterói eu já tinha certeza que estava tudo errado, pois estávamos indo para a região dos lagos. Rodrigo perguntou no pedágio e foi confirmado: deram informação totalmente errada!

ATENÇÃO: A região dos lagos é composta por Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Saquarema. As cidades de  Paraty, Angra dos Reis e ilha grande ficam do outro lado… tem que pegar a BR101 sentido São Paulo, nem chega perto da ponte Rio-Niterói.  Espero que eu esteja ajudando alguém, pq é sério… foi um baita transtorno.

Erro detectado e corrigido, continuamos nossa saga rumo a Paraty e já posso adiantar: que estrada linda! Só a paisagem já vale a pena a viagem. A BR101 tem partes duplicadas e outras não. Tenha muita atenção, pq tem algumas curvas com pouca visibilidade e um bocado de gente doida que força ultrapassagem indevida.

Nossa meta era almoçar em Paraty, mas diante do transtorno ocorrido, almoçamos no meio do caminho. Vimos uma plaquinha que apontava para o Restaurante Mirante e paramos. Indico muito. Comida ótima e a vista é sensacional!

Logo depois que almoçamos, seguimos viagem e cheeeegamos em Paraty! Já de cara deu para notar que a cidade era muito gracinha e cheia de história! AMEI!!

O que comemos, o que fazemos, onde fomos e outras dicas referentes à nossa viagem, irei falar nos próximos posts.

Ótima semana a todos.

Beijoss 😀

5 comments to Voando para Paraty

  • vileite

    Excelente post ! Grata por falar tão bem do Rio ! A região a qual Paraty pertence também é muito linda !

    Reply
    • Bruna Samuara

      Que isso. Rio de janeiro é lindo! Sou apaixonada

      Reply
      • vileite

        Também sou ! Abraços !

        Reply
  • Camila Castanho

    Vou a Paraty na Páscoa! Ansiosa pelos próximos posts de dicas! 🙂

    https://cartaopostal.wordpress.com/

    Reply
    • Bruna Samuara

      Que delícia.
      Vai ter vários posts de Paraty no blog por esses dias.
      Beijos

      Reply

Deixe uma resposta