Voando para o Rio de Janeiro

São poucas as pessoas que eu conheço que não tenham curiosidade de ir ao Rio de Janeiro. Eu estou no grupo das que sempre imaginou-se andando pelo calçadão de Copacabana, tirando foto com o Cristo Redentor de braços abertos, vendo o Rio do alto do bondinho no Pão de açúcar, enfim… conhecer a Cidade Maravilhosa.

Pois bem, numa bela noite de domingo, estava eu quieta no meu casulo quando recebo uma ligação. Era Rodrigo falando que estava tendo uma promoção no site da GOL e da TAM. Eu fiquei de boa… não muito empolgada, já que havíamos comprado anteriormente passagens para Foz do Iguaçu e um bom pacote pela CVC para Maceió  (ambas para esse ano). Mas ele insistia para eu olhar lá no site das companhias dizendo: Olha o Rio de Janeiro… tá barato!

 Tá bom… eu abri duas abas e comecei a pesquisar. Realmente o preço estava atrativo e logo ele disse: compra! Fiquei um pouco perdida na hora, pq não era só ir pra lá… e o Hotel? Dei uma olhada muito superficial nos preços pelo Booking e Trivago e já me assustei um pouco. Mas ele disse: compra logo que depois a gente vê hotel.

Ok, comprei. Owww… comprei??? Meu Pai, que menina louca… passei o cartão sem pesquisar hotel direito, sem ver o clima que estaria na época, sem ver nada… é, bateu um mini desespero.

Depois que os ânimos acalmaram, começamos pesquisar hotel para ficar lá. Já vou adiantar logo: hotel é caro. Eu pelo menos achei, comparando com outras cidades e levando em consideração a localização.  Optamos por fechar um que ficava em Copacabana, mais especificamente no Bairro Peixoto. Queríamos um hotel que tivéssemos mais liberdade, sem ficar dependendo de transporte público.

Decidimos que não levaríamos malas, apenas uma mochila para cada. Rodrigo arrumou a dele praticamente na véspera e super rápido. Já eu arrumei a minha uns três dias antes kkkkk.

Nosso voo era 9:40 da manhã. Acordamos cedo, fomos para o aeroporto e ficamos lá esperando. Ia dar 9hrs e Rodrigo sugeriu para irmos para área de embarque e esperarmos lá. Ok, vamos lá. Nosso portão era lá onde o gato perdeu as botas… andava andava e não chegava nunca. Quando chegamos, tirei a mochila e fui pegar  os papéis da viagem para ver horário do voo, número do voo e o papel do check-in. Xiiiiiii, cadê os papéis?  Tava no bolso da minha calça, então cadê? É… caiu no meio do aeroporto!!! E lá fomos nós caçar os papéis. Andamos e não achamos. Nisso perguntamos para uma moça se embarcava só com a ID e nos informou que sim. Menos mal, mas fiquei com raiva… odeio perder as coisas. Voltamos láááá pro nosso portão e perguntei novamente se embarcava só com a ID pq havia perdido o papel do check-in, mas agora pro rapaz da cia aérea que iríamos viajar. Nisso ele me perguntou: qual seu nome? Eu, simpática que sou, respondi: Bruna. Ele completou: Samuara e o dele Rodrigo, né?! Eu, lerda que sou, respondi: sim. Ele disse: Aqui estão seus papéis. Ounnnnn, que eficiência do Aeroporto de Brasília!!! Achei que a moça da limpeza, caso encontrasse, jogaria no lixo. Mas não, ela abriu e viu do que se tratava e deixou no balcão da TAM. Adorei.

Logo embarcamos e decolamos com destino ao Rio de Janeiro. Voo super tranquilo… Rapidinho chegamos.

Pegamos um táxi para o hotel. Hei! taxista legal pra caramba, aliás, adorei os taxistas do Rio. Super atenciosos, conversam, dão várias dicas… gostei. O que nos levou do aeroporto para hotel, até parou no Copacabana Palace para tirarmos fotos (ideia dele).

Enfim, chegamos no hotel, chegamos em Copacabana, chegamos no Rio de Janeiro ♥ !!!

Os próximos posts serão dos nossos dias por lá.

Beijos 🙂

Veja no mapa abaixo, a localização dos pontos turísticos do Rio de Janeiro:

7 comments to Voando para o Rio de Janeiro

  • Natália Medeiros

    Essa minha amiga além de linda, escreve bem…
    Como já te disse anteriomente: É gostoso ler seus textos!!! =)

    Reply
    • Bruna Samuara

      Ounnn 😍😍😍 obrigada. Tá demorando demais pra fazer o seu blog 😐

      Reply
  • Patricia Oliveira

    Minha cidade uhullll. Nossa ficaram no copacabana pallace, carinho hein, kkkk arrasou.
    Bjs.
    http://blogdesaltoebatom.com.br

    Reply
    • Bruna Samuara

      Não ficamos no Copacabana não. Só tiramos foto kkkkkkkkk

      Reply
  • Patricia Oliveira

    ah ta entendi kkkkk.bjs

    Reply
  • vileite

    Bela e suave tarde!
    Não há quem não se apaixone perdidamente pelo Rio de Janeiro, o qual , apesar de maltratado pelos “desgovernos” acéfalos que tem tido , continua lindo e hospitaleiro para com seus habitantes e visitantes.. Volte sempre !

    Reply
    • Bruna Samuara

      Olá.
      Concordo plenamente contigo. Quando fomos ao Rio de Janeiro, os garis estavam em greve.. Mas não afetou em nada o encanto da cidade. Realmente não tem como não se apaixonar.

      Reply

Deixe uma resposta