Passeio de Pedalinho no Lago Negro 

Ahhhh… Que lugar lindo!!! Fomos ao lago negro depois do Mini Mundo.

Há várias formas de chegar até lá. Nós optamos de ir de táxi.

Lago negro é um parque onde é possível efetuar caminhadas, apreciar a natureza e andar de pedalinho. Tem espaço para alimentação e vendas de souvenires.

IMG_2916

IMG_2919

É um lugar encantador… tem uma natureza linda e bichinhos fofinhos, como por exemplo: tartaruga. (obs: na minha visão era uma tartaruga, gigante por sinal kkkkkkkk)

IMG_2913

Tem três tipos de pedalinho: Cisne casal (r$20,00), cisne família (r$30,00) e cisne caravela (r$30,00).

  • Horário de funcionamento do parque: Aberto 24h sem cobrança de ingresso
  • Horário de funcionamento dos Pedalinhos: das 8h30min às 18h

IMG_2905

IMG_2910

Para realizar o passeio de pedalinho, é obrigatório o uso do colete. E ah! Menores de 12 anos apenas com responsável.

IMG_2917

IMG_2902

Curiosidade: Inicialmente chamava-se de Vale do Bom Retiro. Após um incêndio que arrasou a imensa mata existente na região, Leopoldo Rosenfeldt construiu um lago em 1953, decorando suas margens com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha, daí o seu nome, Lago Negro. Suas águas são profundas e de um verde escuro carregado, refletindo o alto dos pinheiros que se alternam com o colorido das azaléias no inverno e o azul das hortênsias no verão. Um caminho de saibro contorna o lago e serve de trilha para caminhadas. A maior atração do lago são pedalinhos em formato de cisnes, no qual os turistas se divertem passeando por todo o lago. (fonte)

Vale a pena o passeio. O preço não é caro, a estrutura é boa, você pedala e vai… não fica patinando no mesmo lugar, a paisagem é linda, natureza encantadora (tinha azaléias nas margens do lago) e é possível namorar! Kkkkkkkk

Com certeza quando eu voltar em Gramado, farei o passeio novamente!

IMG_2920

Veja no mapa abaixo, a localização dos pontos turísticos de Gramado e região:

É isso.

Ótima semana a todos.

Beijoooo 😀

6 comments to Passeio de Pedalinho no Lago Negro 

Deixe uma resposta