O que pode levar na Bagagem de mão

Esse pequeno acessório de viagem, não menos importante que a mala, tem regras que devem ser seguidas. É uma chatice você organizar sua mala, mas deixar algum objeto proibido dentro dela… ou você despacha o objeto ou vai para o lixo! Exatamente… lixo.

Então é sempre bom estar atento as regras nacionais e internacionais, pois são diferentes uma das outras.

Pois bem, a sua dimensão não pode ultrapassar 115 cm e seu peso não pode ultrapassar 5 kg. Estranho pq as vezes tem passageiros  que carregam a mudança da vida dentro da aeronave, fato esse que viola o peso permitido e ainda ocupa espaço de outros passageiros.

Bagagem

A bagagem de mão pode ser guardada no compartimento superior ao assento ou embaixo do assento do passageiro.

Segundo a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil, você pode levar e sua bagagem de mão:

  1. Uma bolsa de mão, maleta ou equipamento que possa ser acomodado embaixo do assento do passageiro ou no compartimento próprio da aeronave na cabine;
  2. Um casaco, sobretudo, manta ou cobertor;
  3. Um guarda-chuva ou bengala (não pontiagudos);
  4. Máquina fotográfica, laptop ou binóculos;
  5. Material de leitura para viagem;
  6. Alimentação infantil para consumo durante a viagem;
  7. Muletas ou aparelhos ortopédicos utilizados pelo passageiro.
  8. Instrumentos musicais (desde que os mesmos possam passar pelos equipamentos de Raio – X nos postos de segurança);
  9. Um carrinho de bebê dobrável, uma cesta ou um bebê conforto.

ITENS

A bagagem de mão não poderá conter objetos cortantes ou perfurantes (tais como tesouras de unha, canivetes, etc). Tais itens só podem ser transportados na bagagem despachada.

No site do Aeroporto de Guarulhos consta que somente será permitido levar como bagagem de mão os seguintes pertences:

  • Mamadeiras e alimentos infantis industrializados (quando bebês e crianças estiverem viajando).
  • Medicamentos essenciais acompanhados de prescrição médica (deverá possuir o nome do passageiro para ser confrontado com o que consta no cartão de embarque).
  • Medicamentos essenciais que não necessitam de prescrição médica (colírio, solução fisiológica para lentes de contato, etc., desde que não excedam 120m1 ou 4oz).
  • Insulina e líquidos (incluindo sucos especiais ou gel) para passageiros diabéticos acompanhados de prescrição médica desde que não excedam 148 ml (ou 5 oz).
  • Cosméticos sólidos (batons, protetor labial ou desodorante em bastão, etc.).
  • Aparelhos eletrônicos (laptop, câmera fotográfica, jogo portátil, celular, etc.).

Conforme Portaria 676 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a bagagem de mão ou a despachada não poderá conter os seguintes itens:

  1. Dispositivos de alarme.
  2. Explosivos, inclusive cartuchos vazios, munições, material pirotécnico, armas de caça, armas portáteis e fogos de artifício.
  3. Gases (inflamáveis, não inflamáveis e venenosos), tais como butano, oxigênio, propano e cilindros de oxigênio.
  4. Líquidos inflamáveis usados como combustível para isqueiros, aquecimento ou outras aplicações.
  5. Sólidos inflamáveis, tais como fósforo e artigos de fácil ignição.
  6. Substância de combustão espontânea.
  7. Substância que, em contato com a água, emita gases inflamáveis.
  8. Materiais oxidantes, tais como pó de cal, descorantes químicos e peróxidos.
  9. Substâncias venenosas (tóxicas) e infecciosas, tais como arsênio, cianidas, inseticidas e desfolhantes.
  10. Materiais radioativos.
  11. Materiais corrosivos, tais como mercúrio, ácidos, alcalóides e baterias com líquido corrosivo.
  12. Materiais magnéticos.
  13. Agentes biológicos, tais como bactérias e vírus.
  14. Produtos perecíveis contendo gelo em barras ou cubos soltos no interior da embalagem.
  15. Quaisquer tipos de tinta (inclusive serigráfica).

 Todos os produtos perecíveis e alimentícios, comestíveis em geral, tais como peixes, crustáceos e demais frutos do mar, frescos ou congelados, devem ser acomodados em embalagem à prova de vazamentos, abertura acidental ou mau cheiro. O produto deve estar embalado internamente em saco plástico à prova de vazamento e a embalagem externa deve ser de isopor revestido com um saco plástico resistente. Somente será permitido o embarque de gelo em forma de gel ou em sacos plásticos isolados e herméticos. Para o caso de transporte de armas, deverão ser observadas as restrições e instruções especiais tratadas em legislação específica.

No guia do passageiro da INFRAERO consta que as regras para voos internacionais também proíbem na bagagem de mão: objetos cortantes ou perfurantes, como canivetes, tesouras de unha etc. Esses itens só devem ser levados na bagagem despachada. O transporte de líquidos em voos internacionais deve atender às normas abaixo:

  • Líquidos, géis e pastas devem ser conduzidos em uma embalagem plástica transparente de até 1 litro (aproximadamente 20cm x 20cm), apresentados na inspeção por raios X separadamente da bagagem. Cada recipiente não pode exceder o volume de 100ml. Líquidos em frascos acima de 100ml não podem ser transportados, mesmo que parcialmente cheios.
  • Perfumes, bebidas e outros líquidos adquiridos no free shop precisam estar embalados em sacola selada e acompanhados das notas fiscais do dia do voo. Essa medida não garante a aceitação da embalagem selada por outros países. No caso de conexão, consulte a empresa aérea sobre a possibilidade de retenção do seu produto por autoridades estrangeiras.
  • Medicamentos somente com prescrição médica e apresentação da receita no momento da inspeção por raios x
  • Alimentação de bebês ou líquidos especiais (sopas, xaropes, soro etc.), apenas na quantidade a ser utilizada durante o voo, incluindo eventuais escalas, e apresentados na inspeção por raio X preventiva de segurança a bordo.

Consulte a empresa aérea sobre o sistema de bagagem de mão adotado no país de destino, que pode ser de dois tipos: peça ou peso. Segundo a ANAC, no sistema por peça, a bagagem de mão deve ser acomodada no compartimento de bagagem na cabine de passageiros ou sob a poltrona, e a soma de suas dimensões não pode exceder 115 cm. No sistema por peso, a bagagem de mão deve ser acomodada no compartimento de bagagem na cabine de passageiros ou sob a poltrona, com peso e dimensões apropriados, conforme definição da empresa aérea.

Companhias aéreas com regras sobre bagagem de mão diferentes.

Companhias aéreas com regras sobre bagagem de mão diferentes.

A entrada de medicamentos em outros países poderá sofrer fiscalização sanitária. Então não esqueça a prescrição médica. É recomendado que os medicamentos sejam mantidos na caixa original para melhor identificação… ninguém merece passar uma situação desagradável em decorrência de um medicamento mal identificado.

O guia da ANAC lembra que os líquidos adquiridos em free shops ou a bordo de aeronaves podem exceder os limites estipulados, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra (cuja data deve ser a mesma do início do voo), para passageiros que embarcam ou em conexão.

Enfim, antes de organizar a bagagem de cabine, vale a pena dar uma olhada nas regras para não passar por sufoco.

Bom fim de semana a todos.

Beijos 😀

4 comments to O que pode levar na Bagagem de mão

  • Divas que Trabalham

    Olá, lindona! Tudo bem? Ótimas dicas. Sempre fico em dúvida em relação aos hidratantes, por exemplo, que levo na bolsa para viajar. Nunca lembro quantos mls são. Rsrs. Beijos!

    http://www.divasquetrabalham.com

    Reply
    • Bruna Samuara

      Tudo e vc? Nem me fale… Ja aconteceu de surgir a dúvida e eu deixar o produto wm casa com medo de arriscar.
      Beijos.
      Ótima semana

      Reply
  • Pamm

    Essas dicas vieram em boa hora!!!

    Reply
  • grupolfagviagens

    Dicas super importantes!

    Reply

Deixe uma resposta